x

PercPan retorna a Salvador e entra para o calendário cultural da cidade

terça-feira, 08.07 22h11

Anos após percorrer algumas capitais do Brasil e até mesmo do exterior, o PercPan , maior festival de música percussiva do país (e um dos maiores do mundo), volta a se fixar na cidade onde surgiu originalmente, Salvador, agora como parte do calendário oficial da capital baiana. Durante os dias 25, 26 e 27 de julho, a vigésima edição do evento vai receber no Terreiro de Jesus, no Centro Histórico de Salvador, cerca de 25 atrações nacionais e internacionais, em apresentações gratuitas. Sob a curadoria de Alê Siqueira, Letieres Leite, José Miguel Wisnik e consultoria artística do jornalista e crítico musical Hagamenon Brito, o festival baiano ressurge com algumas inovações estruturais. Mais do que um mosaico de músicos de variada proveniência, concebidos como atrações em si mesmas, o Percpan propõe uma viagem articulada por certas áreas da percussão contemporânea. Confira abaixo a programação: 20ª PERCPAN Terreiro de Jesus (Praça 15 de novembro, s/nº – Pelourinho) percpan.net 25/julho (sexta-feira): Percussão – Voz, Corpo e Palavra Horário: a partir das 20h – Banda de Boca (Bahia) – Barbatuques (São Paulo) – Vocal Sampling (Cuba) – Mano Brown (São Paulo) 26/julho (sábado): Panorama Percussivo Feminino Horário: a partir das 20h – As Ganhadeiras de Itapuã (Bahia) – Leilía (Galícia, Espanha) – Sayon Bamba (Guiné Conacri, África) – Orquestra Obìnrin part. Mônica Millet (Bahia) e DJ Lisa Bueno (SP) – Banda Didá (Bahia) – Margareth Menezes (Bahia) 27/julho (domingo): Das Matrizes às Batidas Contemporâneas Horário: a partir das 19h – Aguidavi do Jeje (Bahia) – Marcio Victor e Samba Chula de São Braz (Bahia) – Percussivo Mundo Novo (Bahia) – Gabi Guedes (Bahia) e Dj Cia (São Paulo) convidam: Opanijé, Nelson Maca (part. Jorjão Bafafé e João Teoria), Simples Rap’ortagem. Part. especial Preto Nando (MA), Zé Brown (PE), Kalyne Lima (PB). – Marcelo D2 (Rio de Janeiro)

bahianoticias
Compartilhe Facebook Twitter G+