2006

NACIONAIS
Jorginho e Celsinho, Siri, Nação Zumbi, Gustavo di Dalva, Pedro Luis e a Parede.

INTERNACIONAIS
Carlo Rizzo & Paul Mindy Itália/França, Dhol Foundation Inglaterra/India, Mino Cinelu França, Giovanni Hidalgo Porto Rico, Takashi Numazawa Japão.

LOCAL Salvador
DIREÇÃO ARTÍSTICA / CURADORIA Marcos Suzano

_

O MELHOR DA PERCUSSÃO MUNDIAL NUM SÓ EVENTO.
O Panorama Percussivo Mundial realizou sua primeira edição em março de 1994, em Salvador, e, desde então, já apresentou mais de 150 atrações vindas de 33 países, sempre com o objetivo de propagar a música de percussão pelo mundo.
Consciente de que a cultura e a ação social precisam caminhar juntas, especialmente num país com problemas sociais e econômicos a serem solucionados, o festival tem apoiado e promovido trabalhos de associações e grupos que utilizam a percussão como meio de expressão artística e inclusão social de jovens e comunidades carentes.
Preocupado também com a formação musical e a evolução cultural dos percussionistas do país, o PercPan investiu desde o início na área pedagógica, promovendo dezenas de oficinas e workshops gratuitos além de encontros musicais entre os artistas internacionais e brasileiros escalados para o festival, que atraíram muitos estudantes de escolas tradicionais de música. Na concepção que norteia o PercPan, não basta apenas exibir no palco os trabalhos dos melhores percussionistas do mundo.
Por tudo isso e por acreditar no poder transformador da música como meio de integração social e cultural, me sinto gratificada de ter levado adiante ao longo desses anos, a despeito de qualquer dificuldade, um projeto que valoriza sobretudo o ser humano, com sua sempre surpreendente e inesgotável capacidade criadora.

Elisabeth Caires

vídeo